Bolsonaro é criticado por políticos por desobrigar uso de máscara

Após  declarar que desobrigará o uso de máscaras em plena a pandemia de coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro foi alvo de críticas de políticos. Na tarde desta quinta-feira (10), o presidente disse que pediu para ministro Marcelo Queiroga editar as medidas de uso obrigatório do equipamento de segurança para aqueles que já tenham sido vacinados contra Covid-19 ou sido infectados pelo vírus.

Bolsonaro não deu mais detalhes sobre como a “desobrigação” ocorrerá, já que, a respeito do uso de máscaras, não há uma norma federal, apenas decretos estaduais e municipais.

Nas redes sociais, o presidente foi referido como “criminoso”, “psicopata”, “assassino”, e “genocida” por políticos.

Créditos: Portal IG