Cal é jogado em área alagada no Centro de Manaus devido à cheia do rio Negro

Nesta segunda-feira (23), foi realizada a aplicação de óxido de cálcio (cal), em área alagada no centro de Manaus. A ação busca combater o mau cheiro e doenças que podem ser transmitidas pelo acúmulo de água sem fluxo de circulação, em virtude da cheia do rio Negro, cuja cota nesta segunda-feira é de 29,37 metros.

A aplicação do material químico começou pela área alagada na rua dos Barés, localizada no Centro. Durante a primeira ação, foram aplicados aproximadamente 300 litros de cal na via, para ajudar a elevar a escala do pH (nível de acidez) da água, a fim de evitar a proliferação dos microrganismos responsáveis pelo mau cheiro.

Para cada 50 litros de água, dois quilos e meio de cal são diluídos. Além do trabalho de monitoramento diário da subida das águas dos rios, a Defesa Civil realiza uma série de medidas preventivas nos bairros da capital afetados pelo fenômeno da alagação. As atividades integram o Plano de Contingência da Operação Cheia 2022.