Moro alega que Bolsonaro nunca foi contra a corrupção

Após o presidente Bolsonaro alegar que o combate à corrupção e o apoio a Lava Jato não fizeram parte da sua campanha em 2018 , Sergio Moro, o ex-ministro da Justiça do governo Bolsonaro, utilizou as redes sociais para criticá-lo.

“Bolsonaro enfim admitiu ontem que nunca defendeu o combate à corrupção e a Lava Jato. Era só mais um discurso do seu estelionato eleitoral”, escreveu Moro em publicação no Twitter.

Esta não é a primeira vez que Bolsonaro e Moro entram em atrito. O ex-ministro da Justiça é o possível candidato à presidência pelo Podemos nas eleições deste ano e deve disputar o cargo com o atual presidente que tenta reeleição.